quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Eclesiástico 22:33 e 23: 1 - 6

Quem porá uma guarda à minha boca, e um selo inviolável nos meus lábios, para que eu não caia por sua causa, e para que minha língua não me perca? Senhor, meu pai e soberano de minha vida, não me abandoneis ao conselho de meus lábios, e não permitais que eles me façam sucumbir. Quem fará sentir o chicote em meus pensamentos, e em meu coração a doutrina da sabedoria, para eu não ser poupado nos pecados por ignorância, a fim de que esses erros não apareçam? Para que não aumentem as minhas omissões, e não se multipliquem as minhas ignorâncias, e eu não caia diante de meus adversários, e não escarneça de mim o meu inimigo? Senhor, meu pai e Deus de minha vida, não me abandoneis às suas sugestões; não me deis olhos altivos e preservai-me da cobiça! Afastai de mim a inte mperança! Que a paixão da volúpia não se apodere de mim e não me entregueis a uma alma sem pejo e sem pudor!

Y
Somos templos vivos do Senhor!
Que a benção de Deus possa estar na
nossa vida. Benção é
a presença de Deus e, quando Deus
está presente, e nós estamos com Ele,
as graças acontecem.
Paz e Bem!
;Y;

2 comentários:

Anjo das Frases disse...

Obrigada pela visita! Acabo de atualizar! Uma boa semana prá você, também!! FUI!

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita e desejar um ótimo fim de semana! Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás!