quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Romanos 7: 14 - 25

Sabemos, de fato, que a lei é espiritual, mas eu sou carnal, vendido ao pecado. Não entendo, absolutamente, o que faço, pois não faço o que quero; faço o que aborreço. E, se faço o que não quero, reconheço que a lei é boa. Mas, então, não sou eu que o faço, mas o pecado que em mim habita. Eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita o bem, porque o querer o bem está em mim, mas não sou capaz de efetuá-lo. Não faço o bem que quereria, mas o mal que não quero. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu que faço, mas sim o pecado que em mim habita. Encontro, pois, em mim esta lei: quando quero fazer o bem, o que se me depara é o mal.Deleito-me na lei de Deus, no íntimo do meu ser. Sinto, porém, nos meus membros outra lei, que luta contra a lei do meu espírito e me prende à lei do pecado, que está nos meus membros. Homem infeliz que sou! Quem me livrará deste corpo que me acarreta a morte?Graças sejam dadas a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor!
Y
Deus é mais que tudo!
Deus é mais!
Jesus é demais!
Paz e Bem!
;Y;

3 comentários:

Peregrina da Paz disse...

Oi Semeadora! Muito bom o seu post! Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Peregina da Paz

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

MINISTERIO INTERNACIONAL CRESCENDO EM FE disse...

Por bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. Porque o que faço não aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.
- E, se faço o que quero, consinto com a lei, que é boa. De maneira que agora já não sou eu que faço isso, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum. E, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.
- Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, este faço. Ora, se eu faço o que não quero, já não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho, então, essa lei em mim que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.
- Porque segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus. Mas vejo nos meus membros outra lei, que trabalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.
-Miserável homem que sou! Quem me livrará do corpo da morte? Assim que eu, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas com a carne, à lei do pecado.